Bolsonaro espalha o "Brasil Acima de Tudo" para o mundo na ONU


Encontro mundial de líderes começa oficialmente nesta terça-feira

O presidente Jair Bolsonaro abriu a 76ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, nesta terça-feira, 21, em Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Bolsonaro em sua fala disse que o Brasil hoje tem um presidente de que acredita em Deus, respeita à Constituição, valoriza a família e deve lealdade ao seu povo. O presidente também afirmou que o Brasil quase ficou beira do socialismo antes do seu governo.

O presidente falou que a Amazônia mantem mais de 80% de sua reserva natural, tem uma política ambiental sólida e que o Brasil está se tornando um polo de investimentos atraente aos estrangeiros. “Convido a todos para que visitem a Amazônia”, disse.

Bolsonaro também lembrou dos “lockdowns’ impostos por prefeitos e governadores, com anuência do STF, o que gerou maior desemprego e que o auxílio emergencial totalizando 800 dólares para cada pessoa (somando-se todas as parcelas) ajudou no sustento de milhares de brasileiros. O presidente também lamentou as milhares de mortes perdidas pelo vírus.

“Sempre defendi combater o vírus e o desemprego de forma simultânea e com a mesma responsabilidade. As medidas de isolamento e lockdown deixaram um legado de inflação, em especial nos gêneros alimentícios, no mundo todo”, disse.

O presidente ainda afirmou que é a favor da vacina, que o Brasil tem um dos maiores programas de vacinação do mundo contra a Covid-19, mas é contra o passaporte sanitário que está sendo imposto em vários países – e inclusive no Brasil, em vários Estados.

Jair Bolsonaro também citou os números da imunização contra a COVID-19, com mais de 260 milhões de vacinas distribuídas e 140 milhões de brasileiros imunizados com pelo menos uma dose.

Sobre as manifestações do dia 7 de setembro, Bolsonaro afirmou que foram as maiores da história, onde a maioria do povo pediu pela liberdade, democracia e pela autonomia dos Três Poderes, sem um interferir no outro – dando um recado mundial velado aos 11 ministros do STF.   

Assista ao vídeo do discurso:

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem