Às vésperas do 7 de Setembro, Moraes manda prender professor de pequena cidade de SC


O ministro do STF Alexandre de Moraes mandou prender na noite deste domingo, 5, um professor residente na pequena cidade de 20 mil habitantes de Otacílio Costa, no interior catarinense. Motivo: crime de opinião e convite para as manifestações do dia 7 de setembro.

 

Segundo sites da região, o fato causou estranheza até para os agentes dos Presídio Regional de Lajes (SC), onde o professor teria sido encaminhado.

 

O advogado do professor, Silvano Willian publicou uma foto em frente a Delegacia da Polícia Federal de Lajes, onde o professor teria sido levado e interrogado antes de ir para o presídio.

 

Segundo o advogado, ele teria participado de uma live onde desferiu críticas ao ministro Alexandre de Moraes e feito convite à população para os atos de 7 de Setembro, além de ser bolsonarista é claro.

 

O advogado ainda não entendeu como e por que o caso chegou ao Supremo e deve entrar em contato com a corte na manhã desta segunda-feira, 6, para se inteirar e impetrar um habeas corpus.

 

Estamos vivendo uma verdadeira ditadura de toga por crime de opinião. Venezuela chegou aqui, e não pelas mãos do presidente da República – como muitos antes da eleição de 2018 pensavam que o “ditador” seria ele.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem