Mulher de 29 anos morre após ser picada por uma cobra jararaca


Franciele foi socorrida imediatamente e levada ao hospital municipal de Vila Rica

Franciele Bergamin, de 29 anos, morreu dois dias depois de ser picada no braço por uma cobra jararaca, na pequena cidade de Vila Rica, no Mato Grosso. O acidente com o animal aconteceu no dia 28/04 na casa da família da mulher. As informações são do MSN.

O contato com a cobra venenosa aconteceu quando a dona de casa foi ao seu quintal pegar um maracujá direto do pé para uma de suas filhas, como ela sempre fazia. Ela levou uma picada da jararaca no braço quando aproximou a mão da fruta.

Franciele foi socorrida imediatamente e levada ao hospital municipal de Vila Rica. Lá, ela foi medicada com soro antiofídico, que neutraliza o veneno da cobra no sangue e nos tecidos da pessoa. Porém, seu estado de saúde piorou e no mesmo dia ela foi transferida para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Regional de Água Boa, cidade a cerca de 530 km de Vila Rica.

Segundo o hospital, Franciele teve insuficiência renal aguda, choque tóxico, hipotensão e hipotermia. Ela não resistiu e morreu dois dias depois, dia 30/04.

Franciele era casada e tinha duas filhas, uma de cinco anos e outra de apenas três meses. Ela era casada com Claudinei, membro da Banda Forró Conquista, um grupo musical conhecido na cidade da família.

Postar um comentário

0 Comentários