Hipocrisia: Bandeira vermelha em Curitiba, esquerda promove aglomeração e Prefeitura não multa nem prende ninguém

Aglomeração da esquerda no centro de Curitiba. (Foto: Rodrigo Brito/RPC)

Mesmo com a bandeira vermelha devido à alta transmissão de Covid-19 em Curitiba, militantes esquerdistas promovem a tão condenada ‘aglomeração’ nas ruas do centro da capital na tarde deste sábado, 29.


A pauta dos protestos é a de sempre: pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro – tão cobrado pela esquerda e pelos senadores aproveitadores da CPI da Covid por promover ‘aglomerações’ em manifestações ao seu apoio. A hipocrisia é de arder os olhos.  


"Ódio do bem": manifestante pede forca a 'genocidas'. (Foto: Tribuna do PR)


E parece que os movimentos de esquerda da capital tem apoio da Prefeitura. O prefeito Rafael Greca (DEM) chegou a decretar proibições e ameaçar multar os manifestantes de direita no mês de abril, após terem promovido a Marcha da Família Para Jesus. E também, no dia 1º de Maio, terem feito uma enorme manifestação a favor do presidente Bolsonaro.


Pelo menos desta vez, o protesto mixuruca da esquerda não terminou em baderna e confronto com a Polícia Militar. E não teve nenhum manifestante ferido na cabeça com frutas congeladas atiradas da janela de um apartamento. Quem tem costume de agredir e esfaquear quem pensa diferente são os ‘canhotas’.

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem