Canalha: Gentili usa foto de Mussolini para sugerir morte de Bolsonaro

 

Imagem mostra o corpo do líder fascista pendurado de cabeça para baixo

Na última sexta-feira, 16, o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, utilizou suas redes sociais para denunciar uma publicação do apresentador Danilo Gentili contra o presidente Jair Bolsonaro. Camargo criticou o humorista após ele publicar um foto de Benito Mussolini, líder fascista italiano, morto e pendurado de cabeça para baixo como forma de “ironizar” Bolsonaro.

A publicação de Gentili foi feita em cima de uma frase dita por Bolsonaro na noite desta quinta-feira, 15, em sua live pelas redes sociais. Na ocasião, o presidente a firmou que só deixaria a cadeira presidencial se Deus quisesse.

– Só digo uma coisa, só Deus me tira da cadeira presidencial. E me tira, obviamente, tirando minha vida. Fora isso, o que estamos vendo acontecer no Brasil não vai se concretizar. Não vai mesmo – afirmou.

Danilo Gentili então pegou a frase de Bolsonaro e publicou a foto de Mussolini embaixo. Na imagem, aparece os corpos do líder fascista e de sua amante, Clara Petacci. Eles foram mortos em 1945 por ‘rebeldes’ italianos e tiveram os corpos expostos para a população. O apresentador, no entanto, acabou apagando a publicação.

Ao criticar a publicação, Sérgio Camargo disse que o humorista apagou a foto, mas ele registrou um print da tela.

– Ele apagou, mas aqui está o print que denuncia sua covardia, índole criminosa e estatura moral de um rato de esgoto – destacou.


Veja a imagem postada por Gentili:


Postar um comentário

0 Comentários