Mensageiro da morte: Mesmo com lockdown de Doria, SP bate recorde de mortes pela quarta vez


Pela quarta vez desde que o governador João Doria endureceu ainda mais as medidas com a chamada fase emergencial o Estado de S. Paulo bate o seu próprio recorde de mortes por COVID-19. Foram 1209 mortes em 24 horas no estado.

São Paulo chega a 73.492 mortes. A média móvel de mortes atingiu 696 nos últimos sete dias, um aumento de 65% em comparação a duas semanas atrás.

Apesar dos sucessivos recordes que vêm sendo batidos, o Governo de S. Paulo prorrogou ainda mais a fase emergencial, que agora irá até 11 de abril. Quanto mais a medida se mostra não apenas ineficaz, como contraproducente, mais o governo Doria insiste nela. 

Quanto mais gente Doria matar de fome e desemprego, o vírus se torna mero coadjuvante da desgraça. 

Postar um comentário

0 Comentários