Deputado do PSOL chama Bolsonaro de assassino e miliciano durante manutenção de prisão de Daniel Silveira



Na noite desta sexta-feira, 19, durante o voto da bancada do PSOL para manter a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), o deputado comunista Ivan Valente (PSOL-SP) chamou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seus familiares de assassinos e milicianos.


No final de sua fala, o Valente solta “viva Mariele”, lembrando quando Daniel Silveira quebrou a placa “simbólica” de uma rua onde queriam nominar em homenagem a ex-vereadora assassinada em 2018 - é que é usado como troféu de discurso da esquerda.


A prisão de Silveira foi determinada pelo ministro do STF, Alexandre de Moraes após a publicação de vídeo feito pelo deputado onde crítica duramente vários ministros da corte - e falou várias verdades, mesmo usando xingamentos. 


O hipócrita e comunista Ivan Valente após xingar o presidente da República neste ato, não sofrerá nada de punição, muito menos prisão. Porque primeiramente, é de esquerda, alinhado aos pensamentos e desejos mortais de vários ministros e deputados contra o presidente Bolsonaro e acima de tudo, tem a tal “imunidade parlamentar” que está sendo destruída pela própria Câmara dos Deputados com manutenção da prisão de Silveira. 

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Esse ivan valente de valente não tem nada,covarde comunista,só sabe.atacar o governo federal,não contribui com nada para o bem da nação,a não ser defender bandido ,criminosos?traficantes,corruptos,abortistas,ideologia de género,e querer,a todo custo,implantar o socialismo comunista no país,tá com a bandinha enrrugada sentada a bastante tempo.na cadeira do parlamento sem fazer praticamente nada,partidos como o psol,pc do B,pcb,pt,deveria ser extintos e seus membros mandados para cuba que o pariu

    ResponderExcluir