Auxílio Emergencial – PT é contra o pagamento de novas parcelas proposta por Bolsonaro


Tinha que ser o PT que faz de tudo para travar o governo Bolsonaro e empacar a vida do povo.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, informou que a votação da PEC Emergencial (Proposta de Emenda à Constituição 186/2019) está na pauta da Casa da próxima quarta-feira (3). Ele informou que na terça-feira (2) ocorrerá a discussão do texto

— Estará mantida na pauta de terça e quarta. Terça para realizar a discussão e quarta, aí sim, para deliberação e votação. Quero acreditar [que ocorram na quarta] os dois turnos de votação — declarou ele durante entrevista coletiva nesta quinta-feira, 25.

O partidos de oposição como PT, PSOL, PCdoB e REDE, tentaram dificultar a análise do texto encaminhado pelo presidente, atrasando sua votação e assim impedindo que novas parcelas do auxílio emergencial chegue a quem mais precisa.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), conclamou os deputados federais e senadores do estado a rejeitarem o texto.

Via Agência Senado / Cotidiano da Política

Postar um comentário

0 Comentários