Cantagalo: População se revolta com prefeito por se negar a construir ponte na divisa com Candói



A população de Cantagalo e Candói, municípios localizados no centro-oeste do Estado, a cerca de 340 km de Curitiba estão na bronca com o prefeito Jair Rocha – candidato à reeleição – por ele se negar a construir a ‘ponte molhada’, no Rio Janjão, divisa entre os dois municípios.

O deputado federal Toninho Wandscheer (PROS) teria destinado uma verba de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) para que a obra fosse feita. Porém, o prefeito Jair em ligação ao deputado, teria alegado que Cantagalo iria arcar sozinho e não teria condições de dar contrapartida.

Ao invés de achar uma solução para dar início a esta importante obra para a população, Jair Rocha pediu ao deputado que autorizasse a mudança de destinação da verba: em vez de construir a ponte, asfaltar as ruas da cidade em pleno período eleitoral.

A gravação da ligação vazou e se espalhou em todos os grupos de Whatsapp dos moradores das duas cidades. A população se revoltou e protestou na beira do Rio Cavernoso onde a obra deveria ter sido iniciada. Um grupo foi até a sede da Prefeitura dar bronca no prefeito, em um secretário e em um vereador. Toda a situação foi filmada (assista ao vídeo).  

O deputado Toninho Wandscheer seria base representatividade do grupo de oposição à Jair Rocha, o que leva a acreditar que a atitude do prefeito seria pela questão partidária-eleitoral.  

Atualmente Jair Rocha concorre à reeleição pela coligação majoritária PDT / PT / MDB / PL / PSB / PSD.

A redação do Portal tentou contato telefônico com o prefeito Jair para dar a sua versão sobre a história, mas não obteve retorno.

Assista o vídeo:

Postar um comentário

0 Comentários