Assembleia do Paraná repassa R$ 100 milhões para Paraná comprar vacinas contra a Covid-19

Beto Preto, Ademar Traiano (ao centro) e o governador Ratinho Júnior 


O presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano (PSDB), formalizou hoje, 3, o repasse de R$ 100 milhões do Legislativo para o Governo do Paraná, para que o Estado compre as vacinas destinadas a imunizar gratuitamente a população do Paraná contra o coronavírus. “É mais uma contribuição da Assembleia na luta de todos contra a pandemia”, disse Traiano, lembrando que a Assembleia, já em março transferiu R$ 37,7 milhões em recursos próprios ao Estado para bancar UTIs para vítimas da Covid-19. 

O governador Carlos Massa Ratinho Junior destacou a importância do apoio da Assembleia ao governo do Estado no combate a pandemia. “É um gesto importantíssimo que a Assembleia está fazendo. Esse apoio se materializou tanto na rápida aprovação de medidas para enfrentar o coronavírus, quanto no repasse de recursos próprios para que o Executivo tenha meios para enfrentar essa crise. É um recurso que vem em muito boa hora. É uma atitude de parceria inédita do Legislativo do Paraná. Única em todos os Legislativos do país. É uma demonstração da união dos Poderes”.

Para Traiano, esse gesto não tem caráter partidário. “É fruto da economia que a Assembleia vem fazendo, com a participação de todos os deputados, independente de qualquer caráter partidário, ou posição política. A Assembleia tem, regularmente, aberto mão de recursos próprios para atender demandas importantes do Estado. Está situção, em particular, vai ao encontro do anseio dos paranaenses de superar esse momento difícil que todos estamos vivendo. A Assembleia, mais uma vez, está presente nessa batalha contra a pandemia ”.

O repasse dos recursos aconteceu hoje, às 10 horas, no Palácio Iguaçu e reuniu o governador Carlos Massa Ratinho Junior, o presidente do Legislativo, Traiano, e toda a Mesa Executiva da Assembleia, composta, também pelos deputados Luiz Cláudio Romanelli (1º secretário), Gilson de Souza (2º secretário), os secretários da Casa Civil, de Saúde e da Fazenda e o líder do governo, deputado Hussein Bakri. Traiano enfatizou que todos os deputados apoiaram a decisão de repassar esses recursos para garantir a saúde dos paranaenses. Todos os deputados participaram do repasse por vídeo-conferência.

Aproximadamente 130 vacinas contra a Covid-19 estão em desenvolvimento em todo o mundo neste momento. O Brasil tem parceria com a Universidade de Oxford para produção da vacina, por meio da Fiocruz. Em estágio de desenvolvimento avançado, a vacina deve começar a ser produzida no início de 2021.

Já o Instituto Butantã, de São Paulo, está realizando teste da vacina desenvolvida pela Sinovac, da China. Com a testagem clínica em humanos iniciada, a previsão é de que o produto também comece a ser produzido no início do próximo ano. O Paraná tem parceria de cooperação técnica e científica com a China para iniciar a testagem e a produção da vacina contra a Covid-19, por meio do Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná). O Paraná também terá acesso ao resultado das duas primeiras fases da testagem e poderá fazer a produção da vacina assim que o produto chinês for aprovado.

Os recursos repassados pela Assembleia ao governo do Paraná vão garantir que o Estado disponha dos recursos necessários para fazer uma grande aquisição de vacinas, tão logo um desses medicamentos experimentais se demonstre eficaz e seguro contra a Covid-19.

Postar um comentário

0 Comentários