Delegado Francischini alerta sobre a falta de UTIs em Curitiba




Enquanto o prefeito Rafael Greca (DEM) insiste que Curitiba tem leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), a realidade contradiz as palavras dele e os alertas do problema são parte constantes das redes sociais de funcionários de hospitais e abastecem as agendas dos pré-candidatos à prefeitura.

O deputado estadual Delegado Francischini (PSL) aponta que não é mais só os leitos de UTIs do SUS que estão lotados, pacientes com plano de saúde também estão encontrando dificuldades para garantirem vagas e cita o depoimento de uma médica para o jornal Bem Paraná, funcionária em dois hospitais privados da capital do Paraná: “Vi pacientes com acometimento pulmonar, 50% deles com necessidade de oxigênio e paciente com plano da Unimed sem vaga na UTI. Ligamos para seis hospitais privados e nenhum com vaga disponível em Curitiba.”

Via Blog do Tupan


Postar um comentário

0 Comentários