Colombo: Cinco pessoas da mesma família ficam feridas após prédio desabar

Prédio que desabou em Colombo (Foto: André Rodrigues/Bem Paraná)


Conforme os bombeiros, as vítimas são duas crianças, uma mulher, uma jovem e um homem; eles foram levados para hospitais de Curitiba e passam bem.  As informações são da RPC Curitiba.

Cinco pessoas da mesma família ficaram feridas após um prédio desabar, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, na madrugada deste sábado, 4, segundo o Corpo de Bombeiros.

De acordo com os bombeiros, as vítimas são duas mulheres, um homem e duas crianças. Três deles ficaram presos em meio aos escombros após a queda do apartamento onde moravam.

Após o socorro, uma mulher e as duas crianças foram levadas para o Hospital Evangélico Mackenzie, em Curitiba. O casal foi encaminhado para o Hospital do Trabalhador, também na capital. Segundo as assessorias das unidades hospitalares, todas as vítimas passam bem.

A perícia da Polícia Civil esteve no local e apura o motivo do desabamento do prédio.

Prédio e reforma

Segundo o proprietário do centro comercial, Milton César Claudino Rafael, o local conta com dois apartamentos, uma academia, um supermercado, que estava desativado há seis meses, e um estacionamento que estava em reforma há 15 dias.

Conforme o dono do local, a obra tem alvará e seria para construir a cobertura do estacionamento. Uma das vítimas, é funcionário dele. O proprietário informou ainda que está prestando atendimento e ajudará as famílias.

Vítimas

Segundo a assessoria do Hospital Evangélico Makenzie, por volta das 10h30 deste sábado, uma das vítimas, uma mulher de 50 anos, permanecia internada e passava por exames. As crianças foram atendidas na mesma unidade hospitalar.

Uma das meninas, de 10 anos, teve uma fratura na perna e a equipe médica avaliava a necessidade de uma cirurgia. A outra garota, de 6 anos, não teve ferimentos, mas, até a última atualização desta reportagem, estava em observação médica.

As outras duas vítimas foram levadas para o Hospital do Trabalhador. O homem, de 29 anos, está internado em estado estável, segundo a assessoria da unidade. A outra vítima, uma jovem de 25 anos, teve algumas escoriações e está em estado estável.

Desabamento

No outro apartamento do prédio, na parte que não desabou, havia uma família, um casal e os três filhos, mas ninguém se feriu. Segundo o morador André Ferreira, o susto foi grande no momento do desabamento.

"Eu acordei, escutei um barulho, a hora que saí e abri a porta eu vi o buraco e um monte de gente gritando. Eu só tirei quem estava lá em casa, as crianças, minha mulher e a gente veio aqui para fora. Estávamos na parte que não desabou, porque desabou somente um lado e o outro lado está intacto. A gente não subiu mais porque começou a rachar tudo, foi muito rápido."

Informação G1 e Bem Paraná

Postar um comentário

0 Comentários