Athletico vacila no final do jogo e empata com o Londrina

Goleiro Santos cumprimenta Léo Citadini após defender pênalti (Foto: Ascom/CAP)

O Athletico Paranaense empatou em 1 a 1 com o Londrina, nesse domingo, 19, à tarde, em Cornélio Procópio, na partida de ida das quartas de final do Campeonato Paranaense. O jogo de volta deve ocorrer na quinta-feira, 23, na Arena da Baixada. A data e o local ainda não foram confirmados. O gol como visitante não é critério de desempate. Com isso, quem vencer a partida de volta fica com a vaga nas semifinais. Em caso de novo empate, a decisão será nos pênaltis.

O jogo foi em Cornélio Procópio, a 60 km de Londrina, porque a Prefeitura de Londrina não autorizou a realização de jogos, devido à pandemia.

A competição ficou paralisada por quatro meses por causa da pandemia.

A partida não teve presença de público e um protocolo especial para evitar a contaminação pelo coronavírus.

DESEMPENHO

O Athletico dominou e sufocou o adversário no primeiro tempo. Fez o gol no início do segundo tempo e, depois disso, passou a abusar dos erros individuais. Manteve boa postura tática e controlou o jogo, mas pecou demais na marcação e cedeu chances ao Londrina, que teve péssimo desempenho. Mesmo com fraca performance, o time do Interior chutou uma bola na trave, perdeu um pênalti e chegou ao empate aos 43 minutos do segundo tempo.

ESCALAÇÕES

O Athletico dissolveu o elenco de aspirantes durante a pandemia e vai utilizar apenas a equipe principal no Paranaense 2020. Os reforços contratados nos últimos meses (Edu, Felipe Aguilar, Walter e Geuvânio) chegaram após o prazo de inscrições e não atuam no campeonato estadual.
O técnico Dorival Júnior manteve a base utilizada antes da parada e usou o esquema tático 4-1-4-1, com Wellington como volante. A linha de quatro tinha Nikão (direita), Carlos Eduardo (esquerda), Marquinhos Gabriel (centro) e Cittadini (centro). A novidade era Erick improvisado na lateral-direita, com Jonathan e Adriano no banco.

O Londrina perdeu 13 jogadores durante a pausa de quatro meses. Entre eles, três titulares. E não contava com o centroavante Miullen, suspenso para o jogo deste domingo.

PRIMEIRO TEMPO

O Londrina era o mandante, mas atuou recuado. O Athletico tomou conta do jogo e passou a levar perigo a todo instante. As arrancadas e chutes de Nikão foram as principais ‘armas’ da equipe na primeira etapa. A melhor chance foi aos 32, quando Thiago Heleno lançou. Nikão partiu livre e rolou para Bissoli chutar. Ele chutou fraco e o goleiro conseguiu se recuperar. No total, foram quatro boas jogadas ofensivas do Furacão na primeira etapa, contra nenhum do Tubarão. Nesse período, o placar de finalizações foi 8 a 0 para o time da capital.

SEGUNDO TEMPO

No intervalo, saiu Wellington e entrou Lucho González no Athletico. O gol veio já aos dois minutos. Cittadini roubou a bola na meia-lua e chutou no canto: 1 a 0. O Londrina continuou recuado, com dificuldades para se defender e quase sem atacar. No entanto, no primeiro ataque, o Tubarão levou perigo. Aos 17, em contra-ataque, Ruster recebeu na área e chutou na trave.

O Athletico jogava avançado e controlava o jogo, mas não conseguia criar chances e ficava exposto aos contra-golpes. Aos 22, saiu Marquinhos Gabriel e entrou o meia Bruno Leite. Aos 23, ele cometeu pênalti, derrubando Uelber na área, durante um cruzamento. Pirambu cobrou e Santos defendeu. Depois disso, a partida ficou marcada por erros e pouco futebol. Aos 38, saiu o centroavante Bissoli e entrou o volante Cristian.

O gol do Londrina veio aos 43, em cruzamento de Alan, falha de Erick e Lucas Halter, e finalização de Pirambu.

LONDRINA 1x1 ATHLETICO

Londrina: Matheus Albino; Raí Ramos, Cristian, Zé Pedro e Felipe Camillo (Alan); Marcondes, Ruster, Luan Marchiori, Matheus Bianchi (Juan) e Uelber (Igor Paixão); Junior Pirambu. Técnico: Alemão
Athletico: Santos; Erick, Thiago Heleno, Lucas Halter e Márcio Azevedo; Wellington (Lucho); Leo Cittadini, Marquinhos Gabriel (Bruno Leite), Nikão e Carlos Eduardo; Bissoli (Cristian). Técnico: Dorival Júnior
Gols: Cittadini (2-2º) e Junior Pirambu (43-2º)
Cartões amarelos: Ruster e Juan (L).
Árbitro: Paulo Roberto Alves Jr
Público: portões fechados
Local: Estádio Ubirajara Medeiros, em Cornélio Procópio

PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo

24 — Nikão recebe de costas, gira e chuta forte de fora da área. O goleiro espalma.
30 – Bom cruzamento. Bisolli cabeceia perto, sobre o gol
32 – Thiago Heleno lança. Nikão parte livre e rola para Bisolli chutar. Ele chuta fraco e dá tempo para o goleiro se recuperar.

Segundo tempo

2 – Gol do Athletico. Cittadini rouba a bola de Felipe Camillo na meia-lua. Ele chuta no canto e marca.
10 – Matheus Bianchi chuta de fora da área. A bola vai ao lado.
17 – Alan puxa o contra-ataque e rola para Ruster, dentro da área. Ele chuta na trave.
23 – Cruzamento de Alan. Na área, Bruno Leite agarra e derruba Uelber. Pênalti.
24 – Junior Pirambu bate o pênalti no canto. Santos defende.
29 – Cittadini chuta de fora área. O goleiro espalma no alto.
43 – Gol do Londrina. Alan cruza da direita. Junior Pirambu domina na segunda trave, gira e chuta quase sem ângulo.
44 – Nikão faz boa jogada na área. Carlos Eduardo chuta e o goleiro salva.

Via Bem Paraná/Silvio Rauth Filho

Postar um comentário

0 Comentários