Litoral: Barreiras sanitárias fazem motoristas esperar até 5 horas

Matinhos (Foto: Edilson Tadeu Giordano)

Filas de veículos estão passando dos 15 quilômetros

Matinhos e Pontal do Paraná deram início, nesta quarta-feira, 10, a Operação Corpus Christi que instalou barreiras nos acessos às cidades para evitar uma invasão de turistas durante o feriado. A iniciativa, que visa o combate ao coronavírus e vai até as 18h de domingo (14), provocou filas quilométricas e motoristas esperando por até cinco horas para passarem pela fiscalização.

Em Matinhos, a operação começou às 12h na PR-508 na entrada do município. Já nas primeiras horas a fila passou de 15 km e o tempo de espera era de 3 a 5 horas para entrar na cidade. Todos os ocupantes dos veículos terão as temperaturas corporais medidas e um questionário deverá ser preenchido.

A operação é uma parceria entre a Comissão de Combate e Enfrentamento à Covid-19, Fiscalização Municipal, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Vigilância em Saúde, Combate a Endemias, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Estadual.

O vendedor, Paulo Sérgio de Andrade, de 27 anos, conta que ficou 1h30 na fila para chegar na barreira sanitária montada na PR-508. “Eu estava lá a trabalho e fiquei 1h30 na fila. Eu não discordo do serviço deles, mas eu sinto que tinha que ter um preparo bem maior. Duas pessoas dentro de uma barraca pra fiscalizar mais de 300 carros, não vai funcionar nunca”, diz Andrade.

Alguns motoristas teriam chego a se exaltar por conta do tempo de espera na fila.” O povo se revoltou e chegaram a ir lá brigar. Depois ficou mais organizado, mas no início estava terrível”, afirma.

Pontal do Paraná

Em Pontal do Paraná, as barreiras restritivas começaram a funcionar no início da tarde desta quarta-feira. Os bloqueios estão instalados na PR-407, no Posto da Polícia Militar Rodoviária, na PR-412, na divisa com Matinhos e no acesso na Avenida Anybal Khury.

Pontal do Paraná (Foto: Reprodução/ Facebook Prefeitura de Pontal do Paraná)

Postar um comentário

0 Comentários