Deputado aciona PF após apologia à maconha no programa de Fátima Bernardes

Apresentadora recebe a cantora Ludmilla que divulga música a favor da maconha (Imagem: Rede Globo)

Fátima Bernardes está passando por uma situação, no mínimo, curiosa e inusitada. Nessa segunda-feira, 6, Otoni de Paula, deputado do PSC-RJ, protocolou uma notícia-crime na Polícia Federal contra a apresentadora da Globo. O motivo é uma suposta apologia às drogas.

Para o deputado, a apresentadora fez apologia ao cultivo, uso e venda de maconha. Isso porque, no dia 23 de dezembro, ela recebeu a cantora Ludmilla em seu programa. No programa, Ludmilla cantou a música ‘Verdinha’. O início da música diz: “Eu fiz um pé lá no meu quintal. Tô vendendo a grama da verdinha a um real”.

No ofício apresentado pelo deputado, ele afirma que pelo fato de o programa ser exibido em horário matutino, “deduz-se que, dentre os telespectadores, estejam considerável número de menores”. Até o momento, nem a apresentadora, nem a TV Globo, canal em que o programa é exibido, se manifestaram sobre a ação movida por Otoni de Paula.

O parlamentar afirma que a atração teria feiro apologia ao uso, cultivo e venda de maconha após a cantora ter se apresentado no dia 23 de dezembro, quando cantou seu hit “Verdinha”, segundo o Portal Catraca Livre.

“Eu fiz um pé lá no meu quintal / Tô vendendo a grama da verdinha a um real”, diz a letra da música

Postar um comentário

0 Comentários