No DF, professor é flagrado ensinando sexo oral e anal a crianças de 10 anos


Na semana passada, um professor do 6º ano do Centro de Ensino Fundamental (CEF) 104, da Asa Norte, em Brasília, foi desligado da unidade educacional após ensinar sobre sexo anal e oral durante aula de português. Na ocasião, ele também pediu aos alunos que escrevessem uma redação improvisada sobre o tema, informou o Metrópoles.

Segundo uma denúncia recebida pelo Metrópoles, as crianças fotografaram o conteúdo escrito pelo docente na lousa e gravaram áudios durante a aula.

“Brasília, 13 de novembro de 2019. Objetivo: fazer o próprio currículo. Redação improvisada. Escrever sobre polidez e transformações afetivo-sexuais na adolescência (pós-infância). Sexo oral e penetração”, escreveu o professor.

Ao lado das exemplificações, ele puxa setas e escreve as temáticas a serem abordadas sobre cada assunto formalmente e informalmente. Entre elas, usa palavras como: “boquete”, “69”, “fio terra”, “punheta”, “dar o c*” e outras.

A alegação do professor foi que "ele não foi devidamente treinado para abordar esse tipo de assunto com alunos desta faixa etária".

Via Linhares.com

Postar um comentário

1 Comentários