Gilmar Mendes: CPI da Lava Toga será arquivada no STF


Ministro do STF deu entrevista para a Folha de São Paulo/UOL no último final de semana

“A independência dos Poderes não permite esse tipo de investigação, está dentro das cláusulas pétreas”, afirmou Gilmar.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, afirmou que a chamada Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Lava Toga é inconstitucional e terminaria arquivada pela própria Corte.

Em entrevista publicada neste domingo, 15) Gilmar falou sobre a comissão defendida por alguns senadores:

“É notório que uma CPI para investigar o Supremo ou um dado ministro, pela própria jurisprudência da Casa, é flagrantemente inconstitucional. Acho que os próprios signatários, os principais líderes, sabem disso.”

E acrescentou:

“Se essa CPI fosse instalada, ela não produziria nenhum resultado. Certamente o próprio Supremo mandaria trancá-la. A independência dos Poderes não permite esse tipo de investigação, está dentro das cláusulas pétreas.”

Via Renova Midia

Postar um comentário

0 Comentários